Vida no campus

As condições de vida existentes na Universidade do Minho são consideradas – por alunos, professores e entidades externas/visitantes – muito boas, e devem-se a vários factores, que nem sempre são de natureza material.

A preocupação com o bom acolhimento e a melhor integração dos novos estudantes é muito grande, existindo uma ampla sensibilização dos alunos mais velhos para esta questão, bem como uma série de iniciativas – tais como visitas, sessões de acolhimento, e outras – que facilitam a entrada dos alunos na vida universitária. Procura-se também que a relação professor-aluno seja próxima e aberta, por se entender que essa abertura contribui, de forma decisiva, para a melhor aprendizagem.

Destacam-se também, neste contexto, as actividades culturais, associativas e desportivas desenvolvidas pelos estudantes através das associações de cursos, tunas, grupos de teatro, de música popular, poesia e fados, entre muitas outras. A Associação Académica da UMinho assegura ainda a organização de grandes eventos académicos, dos quais se destacam a Semana do Acolhimento aos novos alunos e a semana do Enterro da Gata.

É ainda disponibilizado aos estudantes apoio médico e psicológico, bem como o acesso à prática de mais de 40 modalidades desportivas, tais como aeróbica, musculação, atletismo, basquetebol, equitação, futebol, judo, escalada, natação, pólo aquático, rubgy, ténis, karting, etc.

Alimentação

O Departamento Alimentar compreende todas as unidades alimentares, que apoiam toda a população universitária, nos pólos de Braga e Guimarães.
Paralelamente aos serviços prestados aos alunos, docentes e funcionários, os serviços de alimentação procuram ainda, nos termos da alínea a) do n.º 2 do artigo 17º do Dec. Lei 129/93, de 22 de Abril, disponibilizar as instalações e prestar outros serviços complementares, mediante adequadas contrapartidas financeiras.
O objectivo deste departamento é, fundamentalmente, servir refeições subsidiadas de qualidade, cujo preço a pagar pelo cliente está fixado em 2,50 euros, nas unidades designadas por cantinas. Para além deste, os serviços disponibilizam outros espaços de refeições alternativos, como é caso do Restaurante Panorâmico, unidades de Grelhados (grill), serviço de rampa não subsidiado, e refeições rápidas nos bares.

Os serviços de alimentação dos Serviços de Acção Social da Universidade do Minho pretendem proporcionar serviços a preços mais baixos do que as empresas privadas similares, não deixando, no entanto, de ter como objectivo principal o grau de satisfação dos utentes. Toda a actividade assenta na melhoria contínua de qualidade dos serviços e refeições.

Os serviços Acção Social da Universidade do Minho possuem 4 Complexos Alimentares, sendo 3 em Braga (Gualtar, Santa Tecla e Edifício dos Congregados, no centro da Cidade), e 1 no pólo de Guimarães, em Azurém.  O complexo de Gualtar tem ao serviço dos utentes 6 bares mais um exclusivo para docentes; uma cantina, um grill e um restaurante. O complexo de Santa Tecla dispõe de uma Cantina e um bar. No Edifício dos Congregados, os Serviços têm em funcionamento um Snack-Bar que disponibiliza refeições subsidiadas ao almoço.

cantina2Em Azurém o complexo comporta três bares, uma cantina que inclui uma rampa de refeições não subsidiadas como alternativa, um grill e um bar adicional de apoio exclusivo à cantina. Azurém possui ainda um bar no edifico das Residências universitárias.

O departamento alimentar dispõe ainda de capacidade para prestar apoio a congressos, colóquios ou outros serviços que a comunidade universitária ou entidades da sociedade civil, sem fins lucrativos, lhe requisitem.

Na gestão das unidades de alimentação, para além de estarem implantadas normas que permitem rigor na utilização dos bens, há uma permanente preocupação com as questões de higiene e segurança alimentar. Para isso, existe um contrato com uma empresa de especialidade que apoia o Departamento Alimentar na vertente da Higiene e Segurança Alimentar. Este apoio contempla a realização de uma auditoria mensal a cada unidade do Departamento, cobrindo todas as áreas de controlo alimentar incluindo a análise microbiológica de pratos confeccionados.

Os SASUM encontram-se certificados para os requisitos das Normas NP EN ISO 22000:2005 e ISO 9001:2008, nas unidades do Departamento Alimentar.